Mentiras do CG (4): O CG é o caminho, a verdade e a vida! ®

Mentiras do CG (4): O CG é o caminho, a verdade e a vida! ®

25 de julho de 2021 Mentiras do Corpo Governante 0

         Ao ler o título dado a este artigo, creio eu, a maioria das TJ irá recursar que o CG tenha ou reivindique tais atributos e tal negativa nada mais será que uma “mentira”, isso é, aquela verdade que se vive no dia a dia, mas que é necessário negar (para todo mundo e, em especial, para si mesmo), quando confrontada com elas (o que já me dá a certeza que a fé das TJ, ao conter esta dualidade, não pode ser saudável)!

        Mas não importa que as TJ mintam “para todo o lado” e para sim mesmas diante de cada afirmação usada no título, pois, cada uma delas está afirmada na literatura da religião que seguem e é exatamente isso que passo a demostrar abaixo.

O CG É O CAMINHO (PARA A SALVAÇÃO):

         Aqui vou iniciar citando a compreensão do CG sobre um ensino católico, compreensão que pode ser aplicada à religião das TJ pois elas têm a sua própria versão deste mesmo ensino.

         CONTEXTO: Um católico escreveu reclamando de uma série de artigos contrários ao Papa e a Igreja (publicados na Revista Despertai!) e afirmou que as TJ estavam fazendo críticas baixas a ambos. A resposta dada foi a seguinte:

         Certamente não estamos tentando fazer críticas baixas ao papa ou à Igreja Católica, nem estamos criticando os católicos. A Igreja Católica ocupa posição muitíssimo significativa no mundo, e afirma ser o caminho da salvação para centenas de milhões de pessoas. Qualquer organização que assuma tal posição deve estar disposta a ser esmiuçada e criticada. (D. 22/12/84, p. 28)

         Até onde eu saiba (me corrijam se estiver errado) a Ig. Católica nunca afirmou ser “o caminho” ou o “único caminho da salvação” (de forma expressa, usando estas mesmas palavras) mas, o fato desta igreja ensinar que não há salvação “fora de seus muros” é interpretado pelo CG como sinônimo de se autoafirmar “caminho da salvação” (é o que lemos acima).

         O CG também ensina que “fora de seus muros” não há salvação. Serve de exemplo disso um vídeo recente acrescido ao broadcasting, no qual o expositor fala sobre vários grupos para os quais o Armagedon será uma má notícia e o único grupo citado para o qual o Armagedon não irá constituir uma má notícia é para as TJ batizadas (para quem estuda com as TJ mas não se decide pelo batismo, o Armagedon também será uma má notícia)!

          Então, usando da mesma lógica que aplicou a Ig. Católica, o CG também é o “caminho da salvação” e não é um dos caminhos, mas sim, é o único caminho, pois, o CG (diferentemente do que afirmou sobre a Ig. Católica) não se diz o caminho da salvação para milhões de pessoas, mas sim, diz ser o caminho da salvação para TODOS os que serão salvos, o que já seria suficiente para comprovar este primeiro ponto, mas vou citar uma Sentinela que contém uma afirmação mais direta:

21 Portanto, participemos todos em deixar brilhar a luz das boas novas do Reino para outros milhões de pessoas! Indiquemos a todas as “pombas” regressantes o caminho para a “salvação” atrás das muralhas protetoras da organização de Jeová, e aumentemos o “louvor” de Jeová nos portões dela. (S. 1/3/85, p. 22)

          Quem não trilhar em direção às “muralhas protetoras” do CG não terá salvação, logo, quem não trilhar este caminho (o passo a passo para ser e se manter TJ) está condenado!

          Assim, se uma pessoa tem uma vida integra, honesta, crê na Bíblia, procura viver segundo seus elevados padrões, pratica diariamente a religião pura e sem mácula (Tg.1:17) será, segundo a Bíblia, aceitável a Jeová (porque teme e pratica o que é justo – At. 10:35) mas como não é TJ, está condenada!

No entendimento do CG, RELIGIÃO, é caminho, é estrada que conduz à salvação, como se vê abaixo:

Assim, a pessoa desejosa de fazer a vontade de Jeová tem de se associar com a organização “escrava” que tem por cargo a supervisão de tudo que pertence ao Mestre, Cristo Jesus. Tal pessoa não pode achar que há muitas estradas que conduzem à vida, mas tem de compreender que só existe uma. Se todas as RELIGIÕES FOSSEM SIMPLESMENTE ESTRADAS DIFERENTES QUE CONDUZEM À VIDA SEMPITERNA e ao favor de Deus, não haveria necessidade de Jesus ter organizado seus seguidores para a obra que lhes comissionou fazer. (S. 15/11/68, p. 687, §2º)

          O caminho para a salvação é JESUS, nenhuma Religião ou Organização pode se apropriar deste termo, JESUS bate à “porta de corações” (não existe melhor figura do que esta para demonstrar que a salvação é individual – Ap. 3:20). Jesus não bate à porta de Igrejas ou de Organizações!

Não obstante, fica comprovado que para o CG só há um caminho para a salvação, aquele que conduz para seus “muros de proteção”.

 O CG É A VERDADE

          Neste tópico nem é necessário citar publicação alguma, afinal, estou certo que nenhuma TJ irá negar que, por ser TJ, afirma que está “na verdade”, nenhuma TJ irá negar que quando quer saber a quanto tempo uma outra pessoa é TJ ela poderá, com certeza de que será entendida, perguntar apenas:

A quanto tempo você

 está na verdade?

E porque a religião TJ é a verdade, é a única religião verdadeira (conforme elas afirmam)?

          Alegar ter e seguir a Bíblia e ter a direção da “força ativa”, todas as religiões que se afirmam cristãs também alegam ter e seguir, assim, o fator diferencial e objetivo é – apenas as TJ têm o CG e conforme o CG, ele é a personificação coletiva de Mt. 24:45, logo, ele é (ou deveria ser):

fiel e prudente em sua tarefa de distribuir alimento no tempo apropriado e

 ALIMENTO NO TEMPO APROPRIADO

 sempre tem que ser

 A VERDADE.

          Assim, o CG é a verdade, afinal, quando uma TJ vai buscar na Bíblia uma resposta para uma questão, ela só terá certeza que concluiu corretamente o que a Bíblia diz se sua conclusão estiver de acordo com o mais atualizado entendimento do CG sobre o tema, aliás, do ponto de vista estratégico, do ponto de vista do “ganhar tempo”, o melhor não é pesquisar na Bíblia, mas sim, diretamente na literatura do CG, afinal, o que o CG tiver dito POR ÚLTIMO sobre aquela questão, será a VERDADE!

          Obs. Apenas para que fique bem comprovado que a “verdade” sobre cada questão bíblica é aquilo que o CG tiver afirmado por último (“verdade” que já a partir de amanhã pode ser diversa da hoje vigente), notem a afirmação abaixo (feita exclusivamente às TJ):

Cumpre fielmente suas designações teocráticas e mantém-se a par da verdade atual por estudar diligentemente a Palavra de Deus e o mais recente alimento espiritual distribuído pelo “escravo”? — Mat. 24:45-47. (NMR 11/1985 p. 3)

  Verdade atual?!

          Tenho absoluta certeza que ao encontrar a resposta para uma questão na literatura, uma TJ nem se dá ao trabalho de ler os textos bíblicos ali eventualmente indicados, pois, não há necessidade, é perda de tempo conferir se a conclusão do CG tem real amparo no(s) texto(s) citado(s) e na Bíblia como um todo!

          E o CG sabe disso, sabe que esta é a realidade entre as TJ, tanto que se atreve a afirmar para elas coisas como:

Devemos comer, digerir e assimilar o que se coloca diante de nós, sem rejeitar certas partes do alimento porque talvez não convenha ao capricho do nosso gosto mental. (S.1/11/52, p.164, §11)

Se for para discordar do CG, a TJ deixa de ter raciocínio e passa a ter “capricho do gosto mental”!?!?!? E as TJ não se ofendem com isso!?!?! Por quê?

Obs. Imaginem esta porção de “alimento no tempo apropriado” aí acima sendo oferecida os crentes de Bereia pelo Apóstolo Paulo (At.17:10-11)!

– Assim, fica provado mais este ponto,

o CG É A VERDADE

 absoluta para uma TJ!

Isso nos traz uma realidade prática incontestável:

         O CG não é só o caminho (da salvação) ele é, “no final das contas”, a única fonte da VERDADE, assim, a verdade não é Jesus, nem aquilo que Jesus e Jeová disseram conforme registrado na Bíblia, o que vai valer como verdade, na prática, na vida de uma TJ é o que o CG tiver dito, por último sobre cada tema bíblico (provavelmente em uma Sentinela):

 É na LITERATURA do CG que está a VERDADE!

O CG determina o que é a VERDADE!

Logo, O CG É A VERDADE!

          Uma verdade bem estranha, uma verdade mutante, uma verdade que ensina erros, uma verdade que nem Jesus garante (como veremos mais abaixo) mas, ainda assim,

A VERDADE PARA AS TJ!

O CG É A VIDA: Ao se reivindicar o caminho e a verdade, torna-se óbvio que o CG também se reivindica o intermediário necessário à obtenção da vida eterna.

          Há uma Sentinela que, claramente, quer induzir o leitor a pensar que hoje (isso é, desde quando passou a existir a religião TJ) o CG é quem tem as palavras de vida eterna!

         Basta fazer dois pequenos acréscimos no texto: o acréscimo de uma palavra que não está expressa mas está presente no contexto e de outra que, em substituição àquela que foi usada (e só foi usada porque se trata de transcrição de verso bíblico), melhor expressa o que a Sentinela quis afirmar. Notem o que é dito (e percebam que a referência não é à – Organização de Jeová mas a ORGANIZAÇÃO DO CORPO GOVERNANTE!):

Antes, os precedentes estabelecidos pela organização do “escravo fiel e discreto nos mais de 100 anos passados obrigam-nos a chegar à [mesma] conclusão que Pedro expressou quando Jesus perguntou se os seus apóstolos também queriam abandoná-lo, a saber: “Para quem [onde] havemos de ir?” (João 6:66-69) (S. 15/8/81, p. 19)

Para concluir, como Pedro concluiu:

“Senhor [JESUS], para quem havemos de ir?

Tu [JESUS] tens declarações de vida eterna,

não é necessário considerar o que fez a religião das TJ ou qualquer outra religião, mas sim, o que fez Jesus pela humanidade, porém, não é Jesus que está “em pauta” no trecho acima, a ideia é, exatamente, substituir Jesus pela Organização DO ESCRAVO FIEL E DISCRETO, então, “agora” (nos últimos 150 anos, aproximadamente), é a Organização que tem as “Declarações de Vida Eterna”, tanto que sem ela não há salvação, como indica a continuidade imediata do parágrafo acima:

Não há dúvida sobre isso. Todos nós precisamos de ajuda para entender a Bíblia, e não podemos encontrar a orientação bíblica de que precisamos fora da organização do “escravo fiel e discreto”. (S. 15/8/81, p.19)

A “conta” é óbvia:

Bíblia – CG = lixo!

(ver II Tm. 3:16)

          Sem a Organização do CG, ninguém entende a Bíblia (que é onde se encontram as “Declarações de Vida Eterna” ditas por Jesus e também as declarações de Jeová), logo, sem o CG:

não há vida eterna!

O CG é a VIDA eterna!

          Obs. – O que mais me impressiona na Sentinela de 1981 citada acima é que as TJ são OBRIGADAS a chegar à conclusão de que a “Organização do Corpo Governante” é quem, hoje, tem as palavras de vida eterna no lugar de Jesus (conclusão, data venia, abjeta e totalmente anticristã)!

          Para encerrar este artigo, de tal forma a comprovar em definitivo que o CG hoje exige ser encarado com a mesma autoridade e importância de Jesus, vou transcrever algumas afirmações de um vídeo (link: https://www.jw.org/pt/biblioteca/videos/#pt/mediaitems/StudioMonthlyPrograms/pub-jwb_202006_1_VIDEO) no qual, em uma formatura (da turma nº148 em junho 2020) da Escola de Gileade (uma escola que funciona dentro da sede mundial das TJ), um dos oradores, equipara:

– o Apóstolo João à turma de formandos e

o CG a Jesus(!?)

ao afirmar que a mesma experiência que o Apóstolo João teve ao ouvir, ver, andar, aprender e tocar em Jesus é a mesma que os formandos tiveram em relação ao CG!

          O orador irá ler 1Jo. 1: 1 e 3 (o verso 2 não foi lido) a fim de afirmar que os formandos deveriam, como João, trovejar em defesa da verdade e de Jeová. Vejamos o que diz o texto, incluindo o verso 2:

O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam — isto proclamamos a respeito da Palavra da vida.

A vida se manifestou; nós a vimos e dela testemunhamos, e proclamamos a vocês a vida eterna, que estava com o Pai e nos foi manifestada.

Nós lhes proclamamos o que vimos e ouvimos para que vocês também tenham comunhão conosco. Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo. (NVI)

          João está falando de Jesus, foi Jesus que ele e os apóstolos, ouviram, viram e tocaram a – Palavra da Vida.

          Após ler os verso 1 e 3 e afirmar que naquela época existiam pessoas que pregavam mentiras e pretendiam corrigir aquilo que os Apóstolos ensinavam e, portanto, eram pessoas mentirosas e que João odiava mentirosos (tanto que foi o Apóstolo que mais usou esta palavra na Bíblia) o orador faz um paralelo do que João viveu e daquilo que os formandos viveram durante os estudos na sede mundial. Vejamos (transcrição palavra por palavra tal qual aparece na legenda oferecida no vídeo):

51:56 – “Da mesma maneira hoje, existem muitas mentiras e relatórios falsos contra a verdade. E os inimigos da verdade fazem de tudo para manchar a reputação dos irmãos de Cristo.

Mas qual é a similaridade? O tempo que vocês [os formandos] passaram aqui na sede mundial com o CG, com os irmãos responsáveis aqui da sede mundial, convenceu vocês, vocês viram de primeira mão que qualquer relatório negativo que vocês ouvirem sobre a Organização é mentira. E agora vocês podem trovejar por Jeová por defender a verdade sobre aqueles que Jeová designou para tomar a liderança. E vejam, vocês podem falar como  João:

´Eu Ouvi. Eu vi. Eu observei. Toquei. Pessoalmente. Eu os vi de perto.´ Foi ainda mais próximo do que vocês verem eles pelo JW Broadcasting. Vocês viram eles pessoalmente.

Não! Não há qualquer paralelo com as palavras de João pois, o que ele afirmou, foi:

´Eu Ouvi Jesus. Eu vi Jesus. Eu observei Jesus. Toquei Jesus. Pessoalmente. Eu o vi [a Jesus] de perto.´

          O fato dos formandos terem feito tudo isso (se é que realmente fizeram) em relação aos homens do CG em nada se equipara à experiência do Apóstolo João e isso por uma razão bem simples:

          Jesus só falava a verdade, aliás Jesus é própria verdade, já os homens do CG, os ensinos do CG, as orientações do CG, conforme confessa uma Sentinela recente:

O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, ele pode cometer erros aos explicar assuntos da Bíblia ou ao dar orientações.

Os ensinos e as palavras de Jesus são as – Palavras da Vida – já as palavras, ensinos e orientações do CG (como confessa a mesma Sentinela no mesmo parágrafo), não têm quaisquer garantias, aliás…:

“Na verdade, Jesus não disse que o escravo ia dar alimento espiritual perfeito (S. Estudo, 2/2017, p. 26, §12)

          Como encontrar paralelo entre Jesus e o CG? Ver Jesus, ouvir Jesus, aprender de Jesus, é o mesmo que ver o CG, ouvir o CG e aprender do CG?

          O orador quer que se acredite que sim mas, na realidade, não há qualquer verdade em tal sugestão, ela é blasfema!

          – Como as TJ presentes na formatura, aquelas que assistiram ao vídeo e aquelas que lerem esta postagem podem não se aperceber disso?

          Como homens que ensinam erros misturados a acertos (de tal forma que quem aprende não tem como distinguir o que é erro do que é acerto), podem afirmar (conforme vimos acima) que hoje o CG é: o caminho, a verdade e a vida e que aprender com eles é paralelo a aprender diretamente de Jesus?????

          Não sei o(a) leitor(a) mas, se este Blogueiro tivesse oportunidade de ouvir Jesus ensinar como ouviram os discípulos, tal experiência não teria paralelo algum com ouvir qualquer outro homem, ainda mais, ao ouvir homens que afirmam que Jesus não garante o que eles ensinam e orientam!

Eu, enquanto cristão, não substituo Jesus por qualquer outro homem em absoluta-mente nada e você, TJ que lê este artigo, substitui a Jesus pelo CG?

———————

Caro(a) Leitor(a) TJ – Você discorda de mim? O CG, nas literaturas, não reivindica ser o caminho, a verdade e a vida? Você, enquanto TJ, não o encara desta forma em nenhum grau? Se você tivesse oportunidade de aprender do próprio Jesus e depois do CG, sabendo o que a Sentinela de 2017 fala sobre o CG, você ousaria afirmar aquilo que o orador afirmou que os formandos poderiam afirmar, isso é:

E vejam, vocês podem falar como  João:

´Eu Ouvi. Eu vi. Eu observei. Toquei. Pessoalmente. Eu os vi de perto.´ Foi ainda mais próximo do que vocês verem eles pelo JW Broadcasting.

         Se for assim, por favor, me diga a razão. Dê uma explicação alternativa para cada publicação citada e para cada conclusão que apresentei a partir de cada uma delas e me explique porque poderia fazer a afirmação acima. Mas antes de fazer isso em relação a este “Blogueiro”, faça em relação a si mesmo(a), pois, o que está me pauta aqui não é uma mera discussão sobre uma questão religiosa, estamos falando de SALVAÇÃO – nunca negligencie este tema! Após responder a si mesmo(a), por favor, mande uma mensagem para o Blog ou escreva para 1tessalonicenses5.21@gmail.com e relate suas percepções e conclusões e se houver erros de escrita acima que exigem correção não os deixe de apontar também. Desde já, agradeço.

——————–

Nota Legal – Os Artigos deste Blog estão protegidos pela Lei de Direitos Autorais. Reprodução integrais ou parciais são permitidas, desde que, citada a fonte e com inclusão de link que remeta diretamente para este artigo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *