Certificai-vos Shorts – Como seria uma Organização de Jeová(1)?

Certificai-vos Shorts – Como seria uma Organização de Jeová(1)?

26 de julho de 2020 Certificai-vos - Shorts 0

     Com esta postagem inicio uma nova série para este Blog na qual, vou escrever artigos curtos de verdade (proposta que tenho para a série “Velozes e Amorosos” mas que, a bem da verdade, têm artigos que tornam o termo “velozes”, relacionados à leitura, meio impróprio).

     Vou procurar, com todas as forças, não ultrapassar 3 páginas o que, para os padrões dos artigos deste Blog, é um artigo realmente curto.

     Em tais artigos, dentro de um tema muito amplo, vou explorar apenas um pequeno aspecto em cada artigo, fazendo poucas transcrições de literatura do CG e/ou da Bíblia, tudo no objetivo de trazer tal aspecto único à atenção do(a) leitor(a) TJ a fim de incentivar a reflexão.

Nesta primeira postagem o tema amplo é:

–  Organização de Jeová

Subtema: Como seria uma “Organização de Jeová?

Obs –  Quando afirmo “de Jeová”, estou me referindo a:

– De Jeová MESMO!

– Verdadeiramente pertencente a Ele (e não apenas como um – modo de falar – como tem sido a série “Velosos e Amorosos” – no aspecto do “velozes”).

– Uma organização de fato e de direito pertencente a Jeová e não que apenas tem o nome “Jeová”.

– Não estou me referindo a uma organização que Jeová sabe que existe, não estou falando de uma organização na qual Jeová presta atenção de vez em quando ou na qual ele atua de vez em quando, não!

– Estou falando de uma Organização na qual Jeová atua “24 horas por dia” em “todos os dias de todos os anos”, fazendo cumprir nela e por ela seus desígnios.

– Estou falando de uma organização que, se for avaliada pelos padrões bíblicos será, sem sombra de dúvida, aprovada com nota máxima em 100% dos aspectos possíveis, afinal, estamos falando da Organização pertencente Àquele que também estabeleceu o padrão (a Bíblia). É o que afirma a Sentinela de 1/6/1943, p. 195, §1º:

“Ele é o Criador da Constituição escrita que governa
sua organização visível na terra”.

– Como seria esta Organização?   

Aspecto Particular: Jeová deixaria claro (em especial na Bíblia), aos membros de Sua organização, que tal organização existe e que eles fazem parte dela?

Resposta: Não vejo como responder negativamente à pergunta acima, até porque, uma Organização é, por definição, algo organizado, logo, a ciência de cada membro da Organização de que existe tal Organização e de que eles fazem parte dela, é fundamental a própria organização desta Organização.

            Assim, é até possível algum ou alguns membros da Organização de Jeová não agirem de acordo com as normas e diretrizes que dão organização a tal Organização, mas, isso será fruto de falhas individuais e não de uma falha de Jeová, no sentido Dele deixar de informar a seu povo de que eles estão em uma Organização ou, pior do que isso, negar que haja tal Organização, até porque, ou a Bíblia ensina isso ou não ensina.

            Embora existam muitos, vou citar um único exemplo de literatura do CG que, de forma irrefutável, demonstra que o Aspecto Particular (em forma de pergunta, acima), só pode ser respondido afirmativa-mente, pois, ele associa, de forma indissolúvel, a Organização e a Bíblia, deixando claro que somente quem está na Organização pode entender a Bíblia.

Notem:

2 A Bíblia sagrada é o Livro das instruções de Deus às suas criaturas inteligentes na terra. Para podermos executar as instruções do Livro de Deus, a Bíblia, precisamos reconhecer a organização teocrática, visto que a própria Bíblia, de capa a capa, a reconhece. De fato, a Bíblia é o Livro da organização teocrática visível. (…)

Em vista da sua ligação inquebrantável com a organização teocrática cristã, a Bíblia está cônscia de organização e não pode ser entendida completamente sem termos em mente a organização teocrática. Isto faz com que seja necessário que aquêles que se humilham sob a poderosa mão de Deus levem em conta a organização teocrática e a reconheçam. Tôdas as ovelhas do rebanho de Deus devem estar cônscias de organização, como a Bíblia. S. 1/5/55 p. 67

Agora notem dois exemplos de verdadeiros raciocínios apostatas sobre este tema (apostatas quando comparados a toda a lógica e aos argumentos da Sentinela de 1955 acima citada):

– “Pela mesma razão de Jesus não organizar congregações enquanto presente com seus discípulos na colheita judaica, não consideramos conveniente ou necessário ter organizações, mesmo simples e não sectárias como aquelas estabelecidas pelos apóstolos.”

Recebemos vários pedidos de amigos da verdade para que aconselhemos quanto aos mais benéficos métodos de condução de reuniões. Um irmão escreve: (…) Outro irmão escreve: Temos aqui várias pessoas que desejam se reúnem para adoração. Teríamos prazer em receber algumas instruções suas sobre como proceder sobre isso. Espero que você possa nos dar um caminho que seja satisfatório. Alguns de nós deixaram as igrejas e agora estão livres de todos os preceitos dos homens. (…) “Em Cristo, C. C. Flaming.

Regozijamo-nos por constatar o desejo crescente do estudo do plano de Deus para a eras; e também por verificar que a importância do método e da ordem ser reconhecida nisto. Damos os nossos conselhos da seguinte forma:

(1) É melhor reler primeiro algumas coisas já escrito sobre este assunto – (…)

(2)”Acautele-se contra ‘organizações‘. São completamente desnecessá-rias. A Bíblia constitui a única autoridade de que você precisará. Não tente prender a consciência de outros nem permita que outros prendam a sua. Creia e obedeça até onde você compreende a Palavra de Deus hoje e assim continue a crescer na graça e no conhecimento dia a dia.”

Que absurdo!

Conforme vimos mais acima, a Bíblia reconhece a Organização Teocrática de capa a capa, porém, nas duas citações acima, alguém afirma que “organização é totalmente desnecessária” e ainda usa a Bíblia para tentar provar isso (afirmando que Jesus não criou nenhuma organização), a mesma Bíblia que, repito, de capa a capa reconhece (e, portanto, revela) uma Organização!

Se afirma, ainda, que para estudar o Plano de Deus para a humanidade não é necessário estar em qualquer organização mantenedora, basta se reunir em pequenos grupos e estudar a Bíblia!

E para encerrar o absurdo “mor”:

 Ter uma organização resultaria na prisão das consciências!

Ocorre que as citações “absurdas” acima são da Sentinela (outubro de 1883, p. 536  e 15/6/1895, p. 141, respectivamente) e segundo a própria Sentinela, se estão na Sentinela, então são:

PROVISÕES DE JEOVÁ!

É o que se defende o trecho de Sentinela abaixo citado:

18 Naturalmente, a leitura da Bíblia não deve substituir seu uso da excelente matéria

de estudo providenciada por meio do “escravo fiel e discreto”. Esta também faz parte

das PROVISÕES DE JEOVÁ — uma provisão muito preciosa. (Mateus 24:45-47)

S. 1/5/95, p.19

Concluindo: Enxergo (apenas em tese) duas hipóteses para harmonizadoras tais “provisões de Jeová”:

1– Jeová, não obstante ter “impresso” na Bíblia (de capa

a capa) que tem uma Organização, por um período de

tempo, mudou de ideia e proveu verdade oposta a esta,

após, mudou de ideia de novo e retornou à original!

Obs – Tg. 1: 17 descarta esta hipótese.

 2 – Jeová nada tem a ver com as provisões da Sentinela, pois,

se Jeová é Deus de Organização ele não promoveria

desorganização em sua própria Organização!

 Obs – Is. 55:10-11 garante esta hipótese.

Como seria se Jeová tivesse uma Organização?

No aspecto tratado (e em todos os demais aspectos envolvidos na pergunta), agora é com você querido(a) Leitor(a) TJ.

————————

Você vê uma terceira ou mais hipóteses além das duas acima? Você discorda que os fatos apresentados conduzem às hipóteses acima? Quando a Sentinela acerta é provisão perfeita de Jeová e, portanto, se aplica Mt. 24:45 e quando a Sentinela erra é provisão de homens falhos e Mt. 24:45 nada tem a ver com isso? Quem determina o que é acerto e o que é erro da Sentinela? Jeová? O fluir do tempo? Encontrou algum erro de escrita que exige correção? Escreva para mim dando suas respostas, você pode deixar uma mensagem no Blog ou escrever um e-mail para 1tessalonicenses5:21@gmail.com. Desde já agradeço.

Nota Legal – Os Artigos deste Blog estão protegidos pela Lei de Direitos Autorais. A reprodução de partes dos artigos é permitida desde que, citada a fonte e com indicação do link do artigo de onde foi retirada citação.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *