Mentiras do CG (3) – Jeová provê alimento espiritual para as TJ ®

Mentiras do CG (3) – Jeová provê alimento espiritual para as TJ ®

25 de maio de 2020 Canal de Comunicação de Jeová Corpo Governante Todos os Artigos 0

O CG das TJ cria para si mesmo uma “conta que não fecha” quando defende, simultaneamente, que:

– Aquilo que ensina não é inspirado por Jeová e contêm erros e

– Aquilo que ensina são “provisões de Jeová” (e não fruto

da “sabedoria humana”).

       A melhor conclusão a que se pode chegar, com base em ambas as “verdades” acima é que o CG não é inspirado mas seus ensinos devem ser encarados com a AUTORIDADE de ensino inspirado e isso é exigido, ora por meio de afirmações diretas e impositivas (estas são mais raras), tais como:

“Devemos comer, digerir e assimilar o que se coloca diante de nós, sem rejeitar certas partes do alimento porque talvez não convenha ao capricho do nosso gosto mental.” (S.1/11/52 p. 79, §11)

– Aqueles que reconhecem a organização teocrática visível de Jeová, por conseguinte, têm de reconhecer e aceitar esta designação do “escravo fiel e discreto” e submeter-se a ela. (S. 1/6/68, p. 330)

E afirmações de trazem “conforto e segurança” de que podem encarar tudo como se ensino inspirado fosse (estas bastante constantes), como se no exemplo abaixo:

16Além do mais, somos muito beneficiados por pertencer à fraternidade mundial que Jeová supre de alimento espiritual por meio do “escravo fiel e discreto”. (Mat. 24:45-47) (S. 15/4/09, p. 11)

Mas, como afirmei, “a conta não fecha” em especial porque o CG coloca o –  criador do universo – como responsável pelos ensinos que transmite às TJ.

Ora! Não tenho qualquer dúvida de que se Jeová é responsável direto por alguma “coisa”, esta “coisa” irá refletir as qualidades de Jeová, assim, se é Jeová quem alimenta seu povo, via CG, então, este alimento:

– Será 100% verdadeiro, como Jeová e toda palavra que dele procede é 100% verdadeira:

Santifica-os por meio da verdade;  a tua palavra é a verdade. (Jo. 17:17)

–  Tal alimento será 100% incorruptível, como Jeová é 100% incorruptível.

17 Ora, ao Rei da eternidade, incorruptível, (…), [o] único Deus, …(ITm. 1:17)

– Tal alimento sempre irá produzir a vontade, os propósitos e os desígnios de Jeová:

10 Pois assim como desce dos céus a chuvada e a neve, e não volta àquele lugar, a menos que realmente sature a terra e a faça produzir e brotar, e se dê de fato semente ao semeador e pão ao comedor, 11 assim mostrará ser a minha palavra que sai da minha boca. Não voltará a mim sem resultados, mas certamente fará aquilo em que me agradei e terá êxito certo naquilo para que a enviei. (Is. 55:10-11)

– Cada nova porção de alimento trará uma “verdade exata” sobre cada tema bíblico, pois esta é a vontade de Jeová: 

3 Isto é excelente e aceitável à vista de nosso Salvador, Deus, 4 cuja vontade é que toda sorte de homens (…)  venham a ter um conhecimento exato da verdade. (ITm.2:3-4)

– A obrigatoriedade de que tudo o que o CG ensina seja 100% correto (e, portanto, inspirado) se torna ainda maior quando sabemos que este, para  auto explicar sua função,  cunhou para si o título de único:

CANAL DE COMUNICAÇÃO” DE JEOVÁ

Exemplos:

19 As evidências são agora conclusivas de que Jesus Cristo foi entronizado no céu em 1914 E. C. e que acompanhou Jeová a seu templo em 1918 E. C., quando começou o julgamento com a casa de Deus. (1 Ped. 4:17) Depois de limpar aqueles que pertenciam a esta casa e que estavam vivos na terra, Jeová derramou seu espírito sobre eles e lhes designou a responsabilidade de servirem como seu único CANAL visível, mediante o qual apenas deveriam vir as instruções espirituais. (S. 1/6/68, p.330)

– Tanto por palavras como por ações, jamais desrespeitemos o CANAL DE COMUNICAÇÃO QUE JEOVÁ USA hoje em dia. (Núm. 16:1-3) (S.15/11/ 09, p. 15, §5º)

– Embora não haja na Bíblia, a expressão “canal de comunicação” (nenhum dos homens que Jeová usou para escrever a Bíblia é, na própria Bíblia, chamado de “canal de comunicação de Jeová”) o título cabe para todos eles, pois, é exatamente o que eles foram, meros “canais de passagem” pelo qual Jeová fez chegar sua palavra e seus ensinos a seu povo.

– Eu sei que temos a tendência de, lembrando o dito popular “herrar é _umano” (que escrevi assim para bem caracterizar esta verdade), pensar que se há “ser humano envolvido no processo” o resultado final vai acabar refletindo as deficiências e falhas dos humanos, isso é, o processo de transmissão das palavras de Jeová será contaminado.

Mas todo o cristão crê que se o Todo Poderoso Jeová está envolvido no processo, valerá a realidade dos textos bíblicos que citei acima, logo:

– seja na época em que a Bíblia foi escrita,

seja hoje, se Deus se utiliza de humanos, fica

garantido que estes não contaminarão o processo.

O próprio CG tranquiliza as TJ neste sentido, como se vê nos exemplos abaixo:

2Sabemos que o “escravo fiel e prudente” é o grupo de homens que Jeová usa para guiar seu povo na Terra. (Mateus 24:45) Mas, no estudo de hoje e da semana que vem, vamos ver três coisas que nos dão certeza que Jeová está nos guiando por meio de Jesus. Também vamos ver que, mesmo Jeová usando homens imperfeitos para guiar seu povo na Terra, é ele quem está no controle de tudo. — Isaías 58:11.

14 Os homens desse corpo governante, como os apóstolos e anciãos em Jerusalém, têm muitos anos de experiência no serviço de Deus. MAS NÃO CONFIAM NA SABEDORIA HUMANA AO FAZEREM DECISÕES. Não, sendo governados teocraticamente, seguem o exemplo do primitivo corpo governante em Jerusalém cujas decisões baseavam-se na Palavra de Deus e eram feitas sob a direção do espírito santo. — Atos 15:13-17, 28, 29.

 Notem se não seria estranho (seja na época dos apóstolos seja hoje) falar em:

seres humanos  que NÃO confiam em

sabedoria humana ao tomarem decisões?

Ao afirmar que os homens do CG não confiam na própria (e humana) sabedoria que possuem, é evidente que se está reivindicando que tais homens agem movidos por sabedoria sobre humana e isso garante que a imperfeição humana não contaminará as decisões do CG, afinal, há dois fatores garantem que as decisões tomadas por tais humanos serão decisões de Jeová:

ESTAREM BASEADAS NA PALAVRA ESCRITA DE DEUS

 E SOB A DIREÇÃO DO ESPÍRITO SANTO ou,

em Resumo: o fato de serem INSPIRADOS,

Não há outra conclusão possível!

Mas, como já disse

Não!

Não é está a conclusão que o CG espera, afinal, ele nega a inspiração pois, se contenta com o fato de todas as TJ encararem seus ensinos com a AUTORIDADE  de ensinos inspirados, isso lhe dá o controle sobre a vida das TJ, isso já lhe é suficiente e, “de quebra”, isso lhe permite “errar a vontade”, mudar de ensino quantas vezes quiser (indo do “sim” para o “não”, para depois voltar ao “sim” e vice versa), tudo muito cômodo e conveniente!

– Mas as coisas não podem e, efetivamente, NÃO SÃO ASSIM, pois, como também ensina o CG:

Não pode haver duas verdades, quando uma não concorda com a outra. Ou uma ou a outra é verdadeira, mas não ambas. Crer sinceramente em alguma coisa e praticá-la não a torna certa, se realmente for errada. (Lv. Poderá Viver… p. 32, §19)

As TJ viverem acatando tudo o que o CG ensina, como a mesma autoridade de ensino bíblico, porém, negar que assim o faz, só gera uma fé doente e contraditória, nada mais!

Visto isto (que serve de introdução para vários artigos que já escrevi e que ainda virei a escrever), tenho contexto pronto para passar a parte final, na qual trato do título atribuído a este artigo e para tanto pergunto:

JEOVÁ PROVÊ ALIMENTO ESPIRITUAL PARA AS TJ?

Início transcrevendo trechos de Sentinelas que dão a paz, o conforto e a segurança de que as TJ são ensinadas (*indiretamente) POR JEOVÁ.

*Obs – O Profeta Isaías escreveu:

13 Todos os seus filhos serão ensinados por Jeová, e grande será a paz dos seus filhos.

Jesus citou esta passagem (Jo. 6:45) e afirmou:

45 Está escrito nos Profetas: ‘Todos eles serão ensinados por Jeová.’ Todo aquele que ouve o Pai e aprende vem a mim.

– Para as TJ, filhos de Deus, são apenas os “ungidos”, porém, não é sobre a vida de cada ungido que se cumpre os versos acima, mas sim, apenas na vida do “porta voz dos ungidos”, isto é o CG. Isso me permite afirmar que as TJ (em geral) aprendem apenas indiretamente de Jeová mas, de qualquer forma, aquilo que APRENDEM VEM DELE, pois, se os “ungidos” do CG são filhos de Deus, eles aprendem (diretamente) DE JEOVÁ, logo, não podem ensinar erro algum, pois, do contrário ou não são filhos de Jeová ou Jeová não tem trato com eles (a não ser que se queira defender que os textos bíblicos citados acima,  entre muitos outros, são falsos ou que Jeová é responsável pelos erros que o CG ensinam)!

 É o que você defende?

Observado isto, transcrevo mais trechos de Sentinelas que dão a paz, o conforto e a segurança de que Jeová é o responsável por tudo o que as TJ aprendem (direta e indiretamente), afinal, Ele é o responsável pelo “alimento espiritual” que o CG pública:

20 Como podemos demonstrar que somos realmente ‘ensinados por Jeová’? Por cuidadosamente seguir seus conselhos. (Isa. 54:13) No refúgio seguro de nossas congregações, encontramos a liderança e proteção que necessitamos. (S. 15/2/14, p. 20)

– Como foi agradável observar congressistas felizes e bem vestidos afluindo a auditórios e estádios para serem ensinados por Jeová! (15/1/99, p. 4)

 – 1OS LOUVADORES de Jeová são deveras abençoados. Quão grande é o privilégio de fazer parte desta multidão feliz! Nós, como suas Testemunhas, aceitamos o conselho, as leis, os ensinos, as promessas e as profecias da Palavra de Deus, a Bíblia. Temos prazer em aprender das Escrituras e em ser “ensinados por Jeová”. — João 6:45. (15/11/92, p. 8)

– Você sem dúvida concorda que a congregação cristã o beneficia de várias maneiras. Por meio dela Jeová provê muito alimento espiritual. Você foi beneficiado com a verdade que o libertou do erro religioso e da escuridão espiritual. (João 8:32) (S. 15/7/09, p. 30)

20 Como podemos nos proteger contra a influência prejudicial da religião falsa? Pense em tudo o que Jeová nos tem fornecido. Temos a Palavra de Deus, a Bíblia. (2 Timóteo 3:16, 17) Jeová tem nos fornecido também uma fartura de alimento espiritual por meio do “escravo fiel e discreto”. (Mateus 24:45) (…)

Estejamos decididos a tirar pleno proveito das provisões de Jeová para que possamos ‘apegar-nos ao modelo de palavras salutares’ que ouvimos. (2 Timóteo 1:13) Desse modo poderemos nos manter afastados da adoração falsa. (S. 15/3/06, p. 31).

18 E será que o nosso Pastor é um anfitrião generoso? Não há dúvida sobre isso! Pense na qualidade, quantidade e variedade do alimento espiritual disponível atualmente. Usando o escravo fiel e discreto, Jeová provê publicações úteis com matérias instrutivas apresentadas nas reuniões, assembléias e congressos — tudo o que precisamos para satisfazer nossas necessidades espirituais. (Mateus 24:45-47) Com certeza não temos falta de alimento espiritual. “O escravo fiel e discreto” produz milhões de Bíblias e ajudas para o estudo bíblico e hoje as torna disponíveis em 413 idiomas. Jeová provê esse alimento espiritual numa enorme variedade — desde o “leite”, ensinos básicos da Bíblia, até o “alimento sólido”, informações espirituais mais profundas. (Hebreus 5:11-14) Por isso, quando enfrentamos problemas ou temos de tomar decisões, muitas vezes encontramos exatamente as informações de que precisamos. Que seria de nós sem esse alimento espiritual? Nosso Pastor é realmente um provisor generoso. — Isaías 25:6; 65:13. (S.1/11/05, p.20)

Como somos abençoados? Ora, ao passo que milhões de pessoas na cristandade padecem fome espiritual, nós podemos ficar “radiantes com a bondade de Jeová”. (Jeremias 31:12) Por meio de Jesus Cristo e “o escravo fiel e discreto”, Jeová providenciou um abundante suprimento de alimento espiritual, que nos ajuda a continuar na “estrada que conduz à vida”. (Mateus 7:13, 14; 24:45; João 17:3) (S. 1/11/01, p.28-29)

Poderia transcrever páginas e mais páginas de afirmações para demonstrar a massiva forma como as TJ são “bombardeadas” com

afirmações que lhe dão total certeza de que é

 JEOVÁ QUEM FALA POR INTERMÉDIO DAS PUBLICAÇÕES DO CG!

Mas vamos para o “choque de realidade” que aparece em duas Revistas Sentinela e que vão negar todas as transcrições e destaques que acresci nos trechos de Sentinelas citadas acima, algo que todas as TJ não apenas leram mas estudaram e, INCRIVELMENTE, não perceberam!

– Quem sabe agora, lendo esta postagem, e

em especial, as citações que seguem!

Antes de ler novas citações de Sentinelas é necessário lembrar que elas contêm “porções de alimento espiritual no tempo apropriado” e que são “ensinos de Jeová”, providos por Ele – conforme Mt. 24:45 (na visão do CG) e vimos afirmado em citações da Sentinela acima já transcritas!

Para o púbico em geral o CG afirmou:

12 O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, às vezes, o Corpo Governante pode errar na explicação de algum assunto da Bíblia ou em alguma orientação. Por exemplo, se você procurar no Índice das Publicações da Torre de Vigia por “Esclarecimento de Crenças”, vai ver uma lista de mudanças que tiveram desde 1870. Jesus não DISSE QUE O ESCRAVO FIEL NUNCA IA ERRAR. (Sentinela – Fácil de Ler – 2/2017, p. 25)

Para as TJ estudarem, afirmou o CG:

12 O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, ele pode cometer erros aos explicar assuntos da Bíblia ou ao dar orientações. Tanto é que no Índice encontramos o assunto “Esclarecimento de Crenças”, com uma lista de ajustes em nosso entendimento da Bíblia desde 1870. NA VERDADE, JESUS NÃO DISSE QUE O ESCRAVO IA DAR ALIMENTO ESPIRITUAL PERFEITO. (Sentinela – Estudo – 2/2017, p. 26)

Perguntas pertinentes:

– Depois de Jesus dizer que “os filhos seriam ensinados (pelo próprio) Jeová” era necessário Ele dizer também que o “escravo” só daria alimento perfeito (isso já não está, evidentemente, garantido quando se sabe que o professor é – Jeová)?

– Pense de novo:

…na qualidade, quantidade e variedade do alimento espiritual disponível atualmente. Usando o escravo fiel e discreto, JEOVÁ PROVÊ publicações úteis com matérias instrutivas apresentadas nas reuniões, assembléias e congressos — tudo o que precisamos para satisfazer nossas necessidades espirituais. (Mateus 24:45-47)

Você satisfaz suas “necessidades espirituais” com erros, com ensinos incorretos  QUE “JEOVÁ PROVÊ”?

É nisso que acredita?

Após o choque (para seu bem, espero que o tenha sentido), volto a perguntar:

Jeová provê alimento espiritual para as TJ?

NÃO!

Se Jeová ensina erros misturados a acertos, via CG, então, só há duas opções:

                                                                                  – Jeová é Deus de confusão (só que não – ICo. 14:33)

                                                                                  – O CG não é o “canal de comunicação” de Deus, Jeová não fala através dele, não ensina através dele, nada tem a ver com ele!

————

Discorda? Tem uma forma racional de harmonizar tanta contradição, tanta negação ao Jeová da Bíblia? Me diga como? Não concorda com algum argumento deste artigo? Qual? Me conte, por favor. Estarei esperando suas considerações seja para dizer, com base em II Ts. 5:21: que se “apegou” as coisas escritas acima (caso as tenha achado excelentes), seja para dizer que não se apegou, por não ter encontrado nada excelente (mas não afirme apenas isto, diga-me a razão ou razões de sua conclusão). Encontrou alguma erro de grafia, pontuação, concordância ou qualquer outro problema na escrita. Me informe, por favor. Escreva para mim (1tessalonicenses5.21@gmail.com) ou deixe um comentário no Blog. Desde já, agradeço.

Nota Legal – Os Artigos deste Blog estão protegidos pela Lei de Direitos Autorais. A reprodução de partes dos artigos é permitida desde que, citada a fonte e com indicação do link do artigo de onde foi retirada citação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *