DESDE QUANDO O CG FORNECE ALIMENTO IMPERFEITO? 1ª PARTE ®

DESDE QUANDO O CG FORNECE ALIMENTO IMPERFEITO? 1ª PARTE ®

24 de fevereiro de 2019 Corpo Governante Todos os Artigos 0

Sinopse:
*Artigo Histórico da Sentinela (nega o que afirma, afirma o que nega)
* “Realidade” anterior (humanos que não confiam em sabedoria humana!)
* Realidade atual (desmente a anterior? Ou não?)
* Se há erro misturado com acerto e acerto misturado com acerto, como diferenciar erro de acerto?
* Mt. 24:45 – na prática a teoria pode ser outra? Ou não?
* CG Apostólico e CG atual – se hoje tudo mudou, a condição de CG também não mudou?
* DESDE QUANDO O CG FORNECE ALIMENTO IMPERFEITO?

A Sentinela de fevereiro de 2017 (p.23)  contém um artigo que entra para a história das Testemunhas de Jeová (TJ) pois, ao mesmo tempo, defende:
        – que o CG das TJ é a continuidade do CG da época dos Apóstolos,
           – afirma que a orientação que o CG, pós era apostólica, recebe do Espírito Santo é imprestávelno sentido de garantir que os ensinos bíblicos deste mesmo CG sejam “a verdade” “aquilo que a Bíblia realmente ensina” mas, não obstante,
            – continua defendendo que o CG das TJ é o “escravo fiel e prudente” de Mt. 24:45!?
           Em uma publicação anterior as TJs foram ensinadas que a forma como o “seu” CG toma decisões não diferia do CG da época apostólica, pois, assim como ocorria com aquele primitivo CG (repleto de homens imperfeitos) suas decisões não eram baseadas em sabedoria humana. Notem isso diretamente no texto da publicação que estou mencionando:
DIREÇÃO TEOCRÁTICA HOJE
13A organização visível de Deus hoje também recebe orientação e direção teocráticas. Na sede das Testemunhas de Jeová em Brooklyn, Nova Iorque, existe um corpo governante de anciãos cristãos de várias partes da terra que dão a necessária supervisão às atividades mundiais do povo de Deus. Este corpo governante é composto de membros do “escravo fiel e discreto”. Serve qual porta-voz do “escravo” fiel.
14Os homens desse corpo governante, como os apóstolos e anciãos em Jerusalém, têm muitos anos de experiência no serviço de Deus. Mas NÃO CONFIAM NA SABEDORIA HUMANA ao fazerem decisões. Não, sendo governados teocraticamente, seguem o exemplo do primitivo corpo governante em Jerusalém cujas decisões baseavam-se na Palavra de Deus e eram feitas SOB A DIREÇÃO DO ESPÍRITO SANTO. — Atos 15:13-17, 28, 29.
Lv. Poderá Viver… p. 195
  O livro “Poderá Viver” era o livro de estudo “bíblico” que as TJ usavam como novos estudantes, assim, as TJ ensinavam a outros que, embora os membros do  CG fossem homens, eles NÃO CONFIAVAM EM SABEDORIA HUMANA ao tomarem decisões, pois, sendo governados TEOCRATICAMENTE, contavam com os mesmos instrumentos que o CG Apostólico contavam, isso é, a palavra de Deus e a DIREÇÃO do Espírito Santo.
Estou certo que as TJ que assim ensinavam aos novos estudantes e, principalmente estes, após estudarem a afirmação acima, passavam a ter convicção que o não havia diferença entre o CG Apostólico e o pós apostólico, afinal, embora ambos fossem formados por homens imperfeitos, isso em nada prejudicava suas decisões pois, nenhum de tais homens baseavam suas decisões em SABEDORIA HUMANA, suas decisões eram regidas:
        – pelo Governo Teocrática de Jeová,
          – se baseavam na palavra escrita de Jeová e
          – em guiadas pelo Espírito de Jeová
 Aqui entre nós: diante de tais garantias, a tomada de decisões errôneas pelo CG, de qualquer época era, simplesmente, IMPOSSÍVEL, não é mesmo? 
          O referido artigo de 2017, porém, acabou com tais falaciosa garantia, quando reconheceu que:
                  12 O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, ele pode cometer erros aos explicar assuntos da Bíblia ou ao dar orientações.(…)
           Obs – Embora não seja o tema aqui, tenho que deixar, pelo menos, três reflexões para as TJ que lerem este artigo:
                  1- Quando se aprende erro misturado com acerto, como diferenciar um do outro? No que acreditar e no que não acreditar?
2– Quando se ensina a outros ensinos que podem estar 
        certos ou errados, devemos informar isso a quem estamos
        ensinando ou devemos afirmar que aquilo que ensinamos é a “verdade”, é aquilo que a Bíblia realmente ensina?
            3 – Quando um novo “lampejo de luz” vem sobre uma doutrina bíblica qualquer, ele irá corrigir o  entendimento incorreto que se tinha até então ou irá substituir a verdade pela mentira?
 Voltando ao tema deste artigo, a afirmação mais assombrosa, porém, é esta:
    12 (…) Na verdade, Jesus não disse que o escravo ia dar                                   alimento espiritual perfeito.
Em alguns artigos deste Blog, já deixei claro que a afirmação acima é um verdadeiro absurdo, uma verdadeira blasfêmia contra Jesus, pois, segundo Mt. 24:45, Jesus é o dono do alimento que o CG distribui, assim, se o alimento por ele distribuído é imperfeito, então, o responsável por isso é o proprietário de tal alimento – o próprio Jesus!!!
           Aqui, porém, vou mudar o enfoque a fim de garantir que:
A afirmação acima é, ao menos, parcialmente falsa (estou certo que toda a TJs que lerem este artigo irão concorda comigo nisso). Notem:
FALSIDADE (NO MÍNIMO) PARCIAL:
A afirmação destacada é válida para o CG de todas as épocas, afinal, ela se refere ao escravo mencionado em Mt. 24:45, é sobre aquele escravo e sobre o alimento por ele distribuído (seja em sua formação original seja em todas as que se sucederam) que Jesus:
 …“não disse  que “ia dar alimento espiritual perfeito
 porém, pergunto:
Você realmente crê que o CG Apostólico (formado
 pelos  Apóstolos Paulo e João, por exemplo),
distribuía alimento espiritual imperfeito?
              Duvido que alguma TJ irá afirmar e mostrar na Bíblia alguma “porção” de alimento espiritual distribuído pelo CG apostólico, que seja alimento espiritual imperfeito. Alguma TJ se habilita?
              E nem preciso perguntar para qualquer TJ a razão pela qual a mesma crê que todo o alimento espiritual distribuído pelo CG apostólico foi perfeito, pois já sei que a resposta será:
                  Os homens do CG Apostólicos eram
              inspiradospelo espírito santo,  logo, tudo o que disseram, mediante inspiração (inclusive quando se reuniram em CG), foi perfeito alimento espiritual.
                E é exatamente esta a resposta que espero do leitor (TJ) deste artigo, pois, isso me permite retornar ao título deste artigo:
DESDE QUANDO O CG FORNECE ALIMENTO IMPERFEITO?
               Se com a morte do último Apóstolo morreu também o último membro do CG inspirado pelo Espírito Santo, todos os demais homens que compuseram o CG, ao longo dos anos, não eram inspirados e, portanto, ao se reunirem em CG, não eram capazes de tomar decisões, inclusive sobre pontos de fé, que fossem isentas de erro!
Embora a afirmação:
  “com a morte do último Apóstolo, acabou a inspiração do Espírito Santo e portanto, o CG passou a distribuir alimento espiritual imperfeito” seja correta, evidente, lógica e até necessária, ela também é TOTALMENTE PROIBIDA PARA AS TJ, pois, pelo menos uma exceção a essa regra tem que ter ocorrido na história do CG das TJ).
            Peço que as TJ que lerem este artigo reflitam a razão pela qual posso fazer a afirmação acima.
Em um próximo artigo, que será continuação deste, irei justificar a assertiva acima e isso terá potencial para causar um impacto violento na base de sustentação de todos os seus pontos de fé!
Encerro relembrando o título deste Blog – CERTIFICAI-VOS!
——————————–
Quer relatar no que resultou sua reflexão sobre a assertiva acima? Quer comentar? Quer discordar (no todo ou em parte)? Quer sugerir alguma melhora no texto? Quer indicar alguma necessária correção gramatical?
Escreva para mim – 1tessalonicenses5.21@gmail.com (desde já, agradeço).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *