JEOVÁ É O RESPONSÁVEL PELOS ERROS QUE AS TJ APRENDEM? ®

JEOVÁ É O RESPONSÁVEL PELOS ERROS QUE AS TJ APRENDEM? ®

15 de fevereiro de 2019 Controle Mental Todos os Artigos 2
Sinopse:
– Obs. Inicial
Exposição de uma técnica de controle mental usada pelo Corpo Governante (CG), com uso de exemplos reais.
– A única conclusão harmoniosa possível.
– É trágica a única conclusão harmoniosa possível!
– Conclusão final: “Time que está ´ganhando´ não se mexe”?
——————
Obs. Inicial: De certa forma, este artigo é uma continuação do artigo “Velozes e Amorosos II” e por isso sugiro que, antes ou após ler o artigo abaixo, leia ou releia aquele.
 
Quem não é Testemunha de Jeová (TJ) e se propõem a ler a literatura do Corpo Governante (CG), fica impressionado com a imensa liberdade que o CG tem (e sabe que tem) de manipular o entendimento das TJs!

Uma das técnicas que permitem isso (já denunciada em outros artigos deste Blog) é extremamente repetida pelo CG.
Abaixo vou esquematizá-la de forma progressiva e vou dar exemplos reais (encontrados na literatura do CG), a fim de justificar minha afirmação inicial:
 
– Publicações do “Tipo – A” – Aquilo que o CG escreve na Sentinela (e em outras publicações), não são revelações de Jeová, o alimento espiritual distribuído pelo CG não é perfeito, ele contém erros.
 
As TJ leem esta afirmação, dão razão a ela e a interiorizam.
 
– Publicações do “Tipo – B”TUDO aquilo que as TJ aprendem, por meio da Sentinela (e outras publicações do CG), VEM DE JEOVÁ.
 
As TJ leem esta afirmação, dão razão a ela e a interiorizam.
 
O contexto em que cada afirmação é feita facilita a admissão de que são, individualmente, verdadeiras.
 
O espantoso, porém, é perceber que após várias leituras  de publicações do tipo “A” e tantas outros do tipo “B”, as mentes TJs acabam absorvendo, de forma tão intensa ambas as afirmações como verdadeiras que, via de regra, se alinharmos, lado a lado, afirmações dos tipos “A” e “B”, mesmo aquelas TJs que, para além de perceberem, vieram a admitir que há evidente contradição, continuarão acreditando em ambas as afirmações como sendo verdadeiras, isso é, haverá uma conclusão lógica de que uma das afirmações é falsa, porém, tal conclusão será desprovida de qualquer efeito prático (tudo continuará sendo crido como antes da admissão de que a contradição realmente existe)!
Creio que posso chamar isso de “mente cauterizada” ou usando uma expressão mais religiosa de  – “fé cega”!
            Vou alinhar exemplos reais de publicações dos tipos “A” e “B” e dentre as muitas publicações que poderia citar, vou procurar  transcrever aquelas que foram publicadas em datas, relativamente, próximas, a fim de demonstrar que o CG não teme que publicações dos tipos “A” e “B” sejam lidas em datas próximas, o que, em tese, poderia facilitar a percepção da contradição.
            Com isso, vou buscar comprovar a hipótese que sugeri acima, qual seja: mesmo se percebida e auto admitida a evidente contradição, na prática, isso não fará qualquer diferença na vida de uma TJ!
 
Publicações tipo “A” – A posição que o CG diz ocupar (o servo escolhido para fornecer aos domésticos da fé “alimento no tempo apropriado” – Mt. 24:45), não cria qualquer garantia para o alimento espiritual que distribui:
 
Ele (o alimento espiritual) não é inspirado, ele não está isento de conter erros, portanto, ele pode OU NÃO, ser a verdade!

(não obstante todas as TJ terão que encará-lo como sendo “a verdade” e terão que ensinar a outras pessoas tal “verdade” como sendo aquilo que a Bíblia realmente ensina, afinal, tal “verdade” foi fornecida pelo Canal de Comunicação de Jeová – Você, TJ que está lendo este artigo, discorda de mim sobre isso?)
Exemplos:
 
Obs – Vou iniciar com uma Despertai de 1993 (22/3, p.4) em razão desta fazer um apanhado de publicações mais antigas que ensinam, claramente, que o ERRO é uma possibilidade constante no “alimento no tempo apropriado” que o CG distribui às TJ (grifos acrescidos):
 
I –The Watchtower (A Sentinela),publicação oficial das Testemunhas de Jeová, já disse: “Não temos o dom da profecia.” (Janeiro de 1883, página 425) “Nem desejamos que os nossos escritos sejam reverenciados ou considerados infalíveis.” (15 de dezembro de 1896, página 306) A Sentineladisse também que terem alguns o espírito de Jeová “não significa que os que servem agora como testemunhas de Jeová são inspirados. Não significa que os escritos nesta revista A Sentinelasão inspirados e infalíveis e sem erros”. (Setembro de 1947, página 135) “A Sentinela não se diz inspirada em suas pronunciações *nem é dogmática.” (15 de agosto de 1950, página 263) “Os irmãos que preparam essas publicações não são infalíveis. Seus escritos não são inspirados assim como eram os de Paulo e dos outros escritores bíblicos. (2 Tim. 3:16) E assim, às vezes, tornou-se necessário corrigir conceitos, conforme o entendimento se tornou mais claro. (Pro. 4:18)” — 15 de agosto de 1981, página 19.
*Destaquei essa MENTIRA ABSURDA (que só quem sabe que lida com “mentes cauterizadas” ousaria fazer) para afirmar que ela será a base de um futuro artigo deste Blog.
II – Sent. 2/2017, p. 26:
 
 12 O Corpo Governante não recebe revelações da parte de Deus nem é perfeito. Por isso, ele pode cometer erros aos explicar assuntos da Bíblia ou ao dar orientações. (…). Na verdade, Jesus não disse que o escravo ia dar alimento espiritual perfeito.
 
Publicações tipo “B”:
  TUDOaquilo que as TJ aprendem do CG vem de Jeová!
 
I – S. 4/2016 Artigo “Porque precisamos ir às Reuniões?” §14:
 
Quando vamos às reuniões, mostramos a Jeová que queremos ser amigos dele e de seu Filho. Nas reuniões, estudamos a Bíblia. Lá, Jeová nos ensina o que devemos fazer e como devemos viver. (Isaías 30:20, 21) (…) Jeová usa seu espírito santo para que as reuniões aconteçam de acordo com a vontade dele. TUDO O QUE APRENDEMOS LÁ VEM DE JEOVÁ. Por isso, quando vamos às reuniões, ouvimos o que Jeová diz, sentimos o quanto ele nos ama e ficamos mais amigos dele.
 
II – S. 5/2017, p. 18, §14, portanto,  publicação que circulou apenas 3 meses após o Exemplo II do Tipo “A” citado acima (Sentinela que afirmou que o CG erra a tratar de assunto bíblicos, pois, o alimento que distribui não é perfeito – nem Jesus garante isso – o que nega Mt. 24:35!):
 
O que mais vai nos ajudar a aumentar nosso amor pela Bíblia? Ter o costume de assistir às reuniões. AFINAL DE CONTAS, O QUE APRENDEMOS NAS REUNIÕES VEM DE JEOVÁ. Pense em quantas coisas a gente aprende sobre a Bíblia no estudo da revista A Sentinela.
 
Obs: Não é exatamente a Bíblia que é estudada nas reuniões, o que se estuda nelas é A Sentinela, revista escrita pelo CG!
 
Feito o alinhamento de afirmações tão contraditórias, só há uma forma de entendermos ambas como verdadeiras, qual seja, transformar a pergunta feita no título deste artigo, em afirmação:
JEOVÁ É O RESPONSÁVEL PELOS ERROS
 QUE AS TJ APRENDEM!
É verdade que a Bíblia revela que Jeová pode deixar operar o erro para que as pessoas acreditem na mentira, mas isso é uma referência àqueles que estão perecendo, perecendo por uma razão que, estou certo, nenhuma TJ reivindica! Notem:
9Mas a presença daquele que é contra a lei é segundo a operação de Satanás, com toda obra poderosa, e sinais e portentos mentirosos, 10 e com todo engano injusto para com os que estão perecendo, em retribuição por não terem aceito o amor da verdade, para que fossem salvos. 11 De modo que é por isso que Deus deixa que vá ter com eles a operação do erro, para que fiquem acreditando na mentira, 12 a fim de que todos eles sejam julgados, porque não acreditaram na verdade, mas tiveram prazer na injustiça. (2Ts.2: 9 a 12)
Percebeu a contradição?
A admitiu para si mesmo?
Percebeu a gravidade dela?
Agora resta perguntar: E agora?
 “Time que está ´ganhando´ não se mexe”?
 
Espero que você reflita muito a respeito já, eu, concluo afirmando:
 
“Quem avisa, amigo é”
———————–
Quer relatar suas respostas? Quer comentar? Quer discordar (no todo ou em parte)? Quer sugerir alguma melhora no texto? Quer indicar alguma necessária correção gramatical?
 
Escreva para mim – 1tessalonicenses5.21@gmail.com (desde já, agradeço).

Nota Legal – Os Artigos deste Blog estão protegidos pela Lei de Direitos Autorais. A reprodução de partes dos artigos é permitida desde que, citada a fonte e com indicação do link do artigo de onde foi retirada citação.

 

2 comentários

  1. Unknown disse:

    Olá certificai-vos! Meu nome é Diego, em meu primeiro contato recente em busca de material que mosrte de forma bem sucinta as doutrinas defendidas pelas TJ, como enganosas, mim deparei com seu blog. E de imediato te mandei uma pergunta sobre aquele seu debate com o (Elvis TJ) vendo que você logo que possível mim respondeu, queria saber como posso aprender ainda mais com você, do que já aprendi nos artigos do seu blog? Porque já li e reli, todos os artigos e tomei notas de todos os pontos em todas as partes mui importantes que você com seus conhecimento compartilhou aqui, no "blog" tenho muito desejo de obter Revistas e livros antigos das TJ, ainda que sejam cópias, voce tem? para usar como prova, e também tenho muito intercede de ter aulas sobre como levar as TJ, se desprenderem do falso ensino do CG, MEU NOME É FRANCISCO DIEGO, falo de MOSSORO-RN, obrigado e a paz de Jesus.

  2. Olá Diego – Como expressei em mensagem anterior, o tempo tem sido algo cada vez mais escasso para mim, porém, a medida do possível posso te auxiliar. Peço que escreva diretamente para meu e-mail para que possa te dar algumas dicas, em especial de como conseguir muita literatura antiga das TJs (todas disponíveis na internet) e para que possa entender melhor a razão pela qual se interessa em conhecer mais das TJ. Grande Abraço e fique na paz de nosso Sr. de Salvador – Jesus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *